Imagine com Harry Styles



Pedido de aniversário feito pela Vanee, parabéns atrasado amoriznho *u*.



Estava sentada olhando minhas mais novas artes ( também conhecida como fotografia). É bom saber que tudo o que eu sacrifiquei quando vim pra Londres é recompensado. Larguei tudo pela fotografia, e bem, hoje eu tenho um bom trabalho, uma casa linda, e uma família ótima.
As fotos eram as primeiras que eu tirei com Harry, a minha preferida era uma em que nós estávamos sentados na grama de um piquenique e devorávamos feito dois animais dois sanduiches. Nós estávamos com a boca aberta mostrando toda a comida mastigada, e Harry ainda virou os olhos. Mordi o lábio lembrando do dia, nem namorávamos ainda, mas já erámos completamente dependente um do outro. E hoje, depois de quase 15 anos, continuamos os mesmo idiotas que se amam incondicionalmente.
Ainda fazemos loucuras, do tipo viajar por ai, sem ter rumo, ainda temos a mesma vide sexual de quando tínhamos apenas dois anos de namoro. Ainda fazemos piadas ruins que só nós dois rimos.
- Mãe? – Fui despertada por Ethan, meu filho.
- Sim?
- Estou te atrapalhando? – Me deu um beijo no rosto.
- Não, claro que não.
- O que é isso? – Pegou as fotos das minhas mãos sorrindo.
- Eu e seu pai com 18 anos.
- Wow, vocês se conhecem a tanto tempo? – Me olhou divertido.
- Uhum.
- Vocês ficam tão bonitos juntos. – Riu.
- Eu sei.
- Ele vai demorar pra chegar? – Sua expressão ficou séria.
- Acho que não, porque?
- Vou sair com a Candice, vou jantar com ela.
- Ok, ela vai dormir aqui?
- Vai sim. – Assenti e o observei sair.
Ethan era meu único filho, não posso reclamar, na verdade acredito que ele veio pra mostrar á mim e ao Harry que fomos feitos um para o outro. Ethan namora Candice desde os seus 15 anos, a garota é um amor, humilde ( seja lá o que for que ela viu em Ethan, temos certeza de que não foi o dinheiro do pai) , e ainda por cima é linda.
Temos consciência de que esse “ ela vai dormir aqui “ é tipo um “ vamos transar hoje”, mas Harry e eu não ligamos, Haz sempre conversou com ele sobre prevenção entre outras.
Fui pra sala assistir Tv, e esperar meu amor chegar, o que demorou cerca de meia hora. Quando chegou, só escutei a porta da sala bater com força. Ou ele estava muito bravo, ou muito feliz.
Minha dúvida foi respondida quando ele chegou com um sorriso de orelha á orelha, se jogou em cima de mim no sofá, e sem me deixar respirar direito, me beijou.
Não que eu possa reclamar, é claro.
Tentei ao máximo corresponde-lo na mesma intensidade, o que era difícil.
- Harry. -  Disse com certa dificuldade. – Você tá bêbado? – Ele riu e me olhou.
- Claro que não. – Selou nossos lábios.
- Posso saber o que aconteceu então?
- Terminamos a gravação do Cd hoje. – novamente selou nossos lábios. – Sabe o que isso significa?
- Não exatamente.
- Que vou ter duas semanas pra me dedicar totalmente á você. – Me olhou e sorriu malicioso. Fiz o mesmo e o beijei.
Nossas línguas se conheciam tão bem, nossas mãos sabiam exatamente onde tocar o corpo um do outro. Apesar de tudo, a cada novo beijo era  uma sensação desconhecida, eu ainda sentia as borboletas no estomago quando ele me tocava. Minha mente repetia: você é perfeito pra mim, somos como um só.
Suas mãos  adentraram minha blusa.
- Hey, hey, vai com calma. – Sorri vendo-o fazer um bico suplicante, selei nossos lábios. – Você deve estar cansado, vai tomar um banho vai, vou pedir uma pizza. – Mordeu o lábio e assentiu.
Quase vinte minutos depois entrei no quarto para pegar o dinheiro para a pizza e Harry ainda não havia saído do banheiro. Wow.
Comecei a rir alto com a possibilidade de, bem .. vocês sabem!
- Harry, você está bem?
- Não obtive resposta. – Apenas continuei rindo, e fui até a minha bolsa.
Enquanto pegava o dinheiro, senti Harry me abraçar apertado ( lê-se: muito apertado ), ele estava tudo molhado e completamente nu.
- Ficou maluco, o cara da pizza está na porta, o que ele vai pensar? – Comecei a sussurrar e rir.
- Ele vai ficar com inveja de mim. – riu.
Me desfiz de suas mãos, e fui saindo do quarto, parei na porta me virei para ele observando-o dos pés a cabeça. Parando por mais tempo em um certo lugar que eu adorava. Mordi meu lábio e me virei andando até as escadas.
O homem que entregava a pizza me olhou e rapidamente fez a famosa poker face. Peguei a pizza e me dirigi até a cozinha encontrando um Harry apenas de cueca e com os cabelos molhados, meio colados em seu rosto. Senhor, dai-me resistência nesses momentos.
Comemos a pizza, lavamos a louça, nos amassamos na cozinha, assistimos tv, nos amassamos na sala, fui tocar piano pra ele, nos amassamos no banco do piano, até que finalmente fomos pro quarto como qualquer casal normal
Quando o relógio marcou 23hrs estávamos exaustos, ambos nus, rindo de qualquer coisa que falamos durante o sexo.
Ethan ligou dizendo que já estava voltando, Harry e eu nos arrumamos depressa e fomos para a sala. Ethan e Candice chegaram, ela parecia chorar, e Ethan mantinha a expressão séria.
- Oi gente – Disse Candice.
- Olá. – Respondemos.
- Mãe, pai, nós temos que conversar, vamos esperar vocês na mesa.
Harry sussurrou algo para mim que eu não entendi.
Fomos até a sala de jantar, nos sentamos esperando um dos dois tomar a atitude de falar.
- Nós demoramos, porque estávamos na casa dela e .. – Candice começou a chorar, Harry me olhou desesperado.
- Mãe ... – suspirou -  .. pai, Candice está grávida. – Meu queixo caiu.
- Como é que é? – Eu disse! , Harry estava paralisado, mal piscava os olhos.
- Candice nós vamos conversar. – Puxei-a pela mão até o meu quarto.
Eu não estava com raiva, não mesmo, ambos são responsáveis, ou melhor, não tão responsáveis, já eram quase maiores de idade, ambos  trabalhavam e já haviam terminado os estudos, Harry e eu temos uma ótima condição social, assim como a família dela, para arcar com as despesas, afinal qual seria o grande problema de um bebê agora?.
- Como isso foi acontecer? – Perguntei-a.
- Eu juro que nos protegemos Mrs. Styles, a camisinha deve ter estourado, no mínimo, e-eu estou tão desesperada.
- Porque?
- Isso pode acabar com a minha carreira.
- Pelo amor de Deus Candice, na sua área de trabalho a útlima coisa que iria te prejudicar seria um filho.
Ela tremia, me sentei ao seu lado e a abracei.
- Como a senhora consegue? Estar tão calma? Como pode isso? – Sorri para ela.
- Porque comigo aconteceu o mesmo.
- Engravidou com 18 anos? – Me olhou curiosa.
- Não, eu tinha 20, mas era considerado cedo para a época, Harry e eu quase não tínhamos estrutura psicológica, sem contar as fãs dele, eu morria de medo de que elas fizessem algo comigo. – Ela engoliu o choro. – Candice, você não é mais uma adolescente, tá na hora de agir como uma adulta, ter um bebê não é como brincar de casinha, exige esforço, e por mais que nós e seus pais estejamos dispostos á ajudar, a responsabilidade tem que vir de você e do Ethan. – Ela assentiu. – Seus pais já sabem?
- Contamos para eles hoje.
- E aí?
- Eles aceitaram, assim como você disseram que já somos adultos.
Harry Styles pov.
- Qual o problema de vocês? Depois de tudo o que eu te ensinei sobre proteção Ethan? Sabe como isso vai prejudicar a sua vida? Sabe como vai prejudicar a dela? – Eu admito, eu gritava, é realmente inacreditável que mesmo depois de tudo o que eu já disse á ele, ele tenha conseguido engravidar a namorada.
- Pai já disse que nos protegemos ..
- Eu não quero saber Ethan, está feito, e eu vou te dizer desde já, você precisam procurar um lugar pra morar, eu não ajudarei em nada, já chega dessa história de muleque dependente de pai, você vai economizar Ethan, vai aprender a ser um homem.
Dito isso eu subi até o meu quarto, Candice já havia saído dele. (S/N) também não estava lá.
Harry Styles pov off.
Ethan chorava, me disse tudo o que Harry havia dito pra ele, e decidiu que iria dormir na casa de Candice. Subi até o quarto encontrando um Harry deitado na cama, completamente bravo lendo furiosamente um livro.
- Estou decepcionada com você. – Me encostei na cômoda virando-me pra ele. Que suspirou.
- Jura? Porque? Porque pela primeira vez eu tive coragem de dizer a verdade? De ser duro com ele? – Respondeu aumentando o tom de voz.
- Não aumente seu tom comigo, quando eu não aumento com você. – Ele suspirou virando o rosto pra cima, e fechando os olhos.
Tirei o meu short, eu ainda vestia a camisa dele, me sentei em seu colo e virei seu rosto pra mim. Ele posicionou as mãos em meus quadris.
- Eu não fui um bom pai, se tivesse sido isso não teria acontecido! – ele disse com lágrimas nos olhos. – Neguei com o rosto, beijando-o diversas vezes.
- Você foi um ótimo pai Harry, não se pode evitar coisas assim, eles se preveniram, mas acontece muito de camisinhas estourarem.
Ele suspirou deixando uma lágrima cair. Sorri e beijei todo o caminho que a mesma havia feito pelo rosto dele.
- Se lembra de quando descobrimos que eu estava grávida? – Ele abriu os olhos e assentiu. – Ficamos desesperados, erámos dois jovens sem uma estrutura, tudo o que tínhamos como base para ser pais eram o nosso amor. – Ele assentiu e deu um sorriso singelo. – Ficamos com medo de tudo e todos, brigamos, eu fiquei completamente bipolar por nove meses, mas passamos por tudo isso juntos não foi? – Novamente assentiu. – Acima de tudo estávamos felizes por ser pais não era? Era o que havíamos gerado através do nosso amor, você ficava por horas acariciando minha barriga, eu acordava a noite ouvindo você conversar com o nosso bebê, você estava feliz não estava Harry?
- Estava, muito -  sussurrou fechando os olhos, deixando outra lagrima teimosa cair.
- Você recorreu aos seus pais, e eu recorri aos meus, precisamos deles não é mesmo? Agora imagine se eles tivessem nos julgado, assim como o resto do mundo? Como nós teríamos ficado? Provavelmente teríamos nos submetido ao aborto por causa da pressão. – Selei nossos lábios. – Ethan e Candice precisa de nós Harry, assim como nós precisamos de nossos pais naquela época, não vamos cometer um erro. – Acariciei as laterais de seu rosto com o polegar. -  mas eu preciso que você esteja comigo nessa, assim como esteve quando eu cheguei pra você e disse que estava grávida.
Beijei-o mais uma vez, mas não deixei ele aprofundar o beijo quando ele tentou. Harry encostou nossas testas e sussurrou: - Eu estou com você.
Sorri abertamente. – Sei que está sendo difícil meu amor. – Peguei suas mãos e as beijei. – Mas passaremos por essa juntos.
- Vamos ser avós. – Deu um sorriso discreto.
- Sim nós vamos. – Sorri, ele finalmente abriu os olhos e me olhou.
- Eu já disse que quero que seja minha pra sempre?
- Quase todos os dias. – Rimos, ele me beijou, e eu aproveitei que o nosso clima selvagem passou para o romântico, e nós fizemos amor pela segunda vez naquele dia.

9 meses depois.
Harry e eu passamos pela secretária do hospital, finalmente iriamos ver nosso neto, o que era muito estranho, aos meus trinta e oito anos, eu era avó.
Assim que entramos vimos Ethan e Candice babando no pequeno bebê nas mãos dela.
- Meu Deus. – Eu disse ao olhar o bebê. – Que coisa mais linda. – Não pude controlar algumas lágrimas, o bebê era a mistura perfeita de Candice e Ethan, este último que era a mistura perfeita minha e de Harry.
O bebê, assim como Harry e Ethan, tinha olhos claros, e assim como eu e Harry tinha cabelos escuros e já era possível notar que perto da nuca eles formavam pequenas ondulações.
- Acho que só servi para barriga de aluguel, ele é a imagem perfeita da família Styles. – Candice disse com a voz calma.
- Vocês já decidiram o nome? – Eles se entreolharam e Candice sorriu assentindo.
- Vai se chamar Harry.
Harry parou o que estava fazendo e o olhou, parecia estático, eu comecei a rir exageradamente.
- Isso é algum tipo de piada? – Ele disse sério.
- Não gostou da surpresa?
- Ele vai ter o meu nome? Tipo, meu? Em minha homenagem?
- Quando fomos decidir o nome, Candice disse que eu poderia dar nome daquele a quem eu mais admirava, e como Batman não ia ficar muito bom, o único nome de alguém que eu admiro foi o seu, pai.
Harry sorriu e abraçou Ethan com força. Em seguida beijou Candice no rosto.
- (S/N), amor, ele vai ter o meu nome. – Me balançou pelos braços, continuei rindo, e o beijei, em seguida me afastei.
- Também temos uma boa noticia. – eu disse sentindo Harry me abraçar por trás.
- O que (S/N)? -  Disse Candice, olhei para Harry e sorri.
- Estou grávida.

12 comentários:

  1. o que lindo amei !! Faz um com o zayn. Pfv .:-)

    ResponderExcluir
  2. Ooownt que perfeito....por favor faz um com meu nome?Sou a mais nova leitora e já li todos os imagines desse blog!Nossa são todos perfeitos.Parabéns!

    ResponderExcluir
  3. Awwwwwn! Muito perfo seu imagines ... Li todos hoje e amei *--*
    Quando voce ppsta mais?

    ResponderExcluir
  4. Tem um selinho pra você no meu blog! http://onedfic.blogspot.com.br/2013/04/selinho_24.html

    ResponderExcluir
  5. PER-FECT...FAZ UM PRA MIM ?? amo seu blog, sou fanzona dele. meu apelido é mimi :)

    ResponderExcluir
  6. Nao sei seeu rio ou se eu chorooo
    Ta muuuuuiiitoooo peeerfeeeitooooo

    ResponderExcluir
  7. Eu amooo esse imagine! É meu favorito :)))
    Isa

    ResponderExcluir
  8. Nossa amei esse imagine mt perfect queria pedir 2 coisa a primeira faz uma continuação? e a segunda faz um p mim com o Harry?

    ResponderExcluir